sexta-feira, 27 de abril de 2012

Retalhos


http://adrianascartaris.blogspot.com.br/2012_02_01_archive.html 

Retalhos esquecidos           
retrato da consciência
um aceno, um gesto
Paz faz bem a alma
sem alma

a vida não  tem razão

A pureza da contemplação
límpida inocência
imagem delicada

amores eternos e sublimes

Coragem do instante
O imolar do sorriso
A suavidade ternura do perdão
cortina dourada de felicidade

Arremessa no limite
improvável da incensastes
monumento a estupidez
vive-se uma fantasia
em um universo de ficção

O dia a dia
da realidade perversa
de cada um é um
não somos nos
apenas um
e não o Eu

Espera-se apenas
um olhar refletido
de esperança
mesmo quando ninguém mais acredita
                                                                      Paulo Knop –
                                                                                         4/2012

terça-feira, 17 de abril de 2012

Mulheres Singular

http://licinhabrandao.multiply.com/

Mulheres  só
Sozinhas juntos,
sozinha só
só ama quando admira
o trilhar do caminho
pobres, ricas, magras, lindas, feias
o que importa
tudo cuida e não se cuida
descalças, de pés no chão,
andam sozinhas,
carregam os filhos
ânsia de vida
sonhos comuns
ternura no olhar
Sem medo,
Choram em segredo
no escuro do seu quarto

Paulo Knop
                                                     11/04/2012