quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Quem teve  a idéia de cortar o TEMPO em FATIAS,
a que se deu o nome de ANO,
foi um indivíduo GENIAL.
 
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no LIMITE da exaustão.
 
DOZE meses dão para qualquer ser HUMANO se CANSAR e entregar os PONTOS.

Aí entra o MILAGRE da renovação e tudo começa outra VEZ,com OUTRO número e outra vontade de ACREDITAR
que  DAQUI pra DIANTE vai ser diferente...

                                                                  Carlos Drummond de Andrade
Um prospero ano Novo.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

No Natal.
Esquece as dificuldades,
se enche de bondade 
e esperança.
Revemos o nosso passado
para melhorar o nosso futuro.
Que os sinos do Natal
sejam mensageiros de paz.
Deus em sua infinita bondade
nos abençoe  e brilhe com sua luz 
nossos caminhos.
Paz em nossos corações
nesta noite de Natal.

Boas Festas.
                                        Paulo Knop

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Primavera Boreal

Então nascida do ventre de novo
o mundo de primavera se cristaliza
espiritualiza-se
numa grande esperança
a vida se repete
aromas dispersos
luz incessante
reflete a beleza
invadem a alma em sedução
numa quase felicidade
indispensável
ao sentido humano
passiva por encanto
não mais deste mundo
não mais os perfumes
harmoniza em contentamento
aprende-se com a doçura
amar... amar... amar
sem recuar,
desejos, sem promessas
apenas pelo triunfo da manhã


                                                                        Paulo Knop <><  Nov 2011
  

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Consciência Negra

http://joserosarioart.blogspot.com/
Consciência
alma que ontem nasceu
o sal da terra
não somos só
desafio de compartilhar
pensamentos, atos, palavras

Diferentes cores
mas seres iguais
porem mortais como todos
independente ser ou não ser
o que importa a razão

Quem planta preconceito
racismo, indiferença
não pode ter paz
não pode sonhar
não pode amar

O homem é escravo
de si mesmo
escravo do tempo
escravo de sua ambição
escravo de seu preconceito

Aniquilar o velho preconceito
sente-se a necessidade de uma nova virtude
dignidade...
por toda existência

Lembra da criança
no sinal pedindo esmola?
Não é problema meu
fecho o vidro
a parte esquecida e pronto

Crianças não nascem más
crianças não nascem racistas
Aprendem o que gente ensina
há muito que aprender                                               Quem planta a violência
colhe ódio no final
              
A voz da consciência é sutil
pode ouvi-la simplesmente
não pense em enganá-la
ouça apenas
a decisão e sua


  


segunda-feira, 14 de novembro de 2011

O TALENTO de todos nós.




“Todos nos temos talento. Devemos aprender quais e como
   usá-lo da melhor formar”

 Evangelho (Mateus 25,14-30)
 Jesus contou esta parábola a seus discípulos:

“Um homem ia viajar para o estrangeiro. Chamou seus empregados e lhes entregou seus bens.
A um deu cinco talentos, a outro deu dois e ao terceiro, um; a cada qual de acordo com a sua capacidade. Em seguida viajou.
O empregado que havia recebido cinco talentos saiu logo, trabalhou com eles e lucrou outros cinco.
Do mesmo modo, o que havia recebido dois lucrou outros dois.
Mas aquele que havia recebido um só saiu, cavou um buraco na terra, e escondeu o dinheiro do seu patrão.
Depois de muito tempo, o patrão voltou e foi acertar contas com os empregados.
O empregado que havia recebido cinco talentos entregou-lhe mais cinco, dizendo: ‘Senhor, tu me entregaste cinco talentos. Aqui estão mais cinco, que lucrei’. O patrão lhe disse: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!’
Chegou também o que havia recebido dois talentos, e disse: ‘Senhor, tu me entregaste dois talentos. Aqui estão mais dois que lucrei’. O patrão lhe disse: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Como foste fiel na administração de tão pouco, eu te confiarei muito mais. Vem participar da minha alegria!’
Por fim, chegou aquele que havia recebido um talento, e disse: ‘Senhor, sei que és um homem severo, pois colhes onde não plantaste e ceifas onde não semeaste. Por isso, fiquei com medo e escondi o teu talento no chão. Aqui tens o que te pertence’.
O patrão lhe respondeu: ‘Servo mau e preguiçoso! Tu sabias que eu colho onde não plantei e ceifo onde não semeei? Então, devias ter depositado meu dinheiro no banco, para que, ao voltar, eu recebesse com juros o que me pertence’.
Em seguida, o patrão ordenou: ‘Tirai dele o talento e dai-o àquele que tem dez! Porque a todo aquele que tem será dado mais, e terá em abundância, mas daquele que não tem, até o que tem lhe será tirado.”

Reflexão:

Todos nos temos talento. Devemos aprender quais e como usá-lo da melhor formar. Cada pessoa recebe dons e talentos que precisam ser multiplicados não pode ficar guardados, sermos criativos com praticidades.Precisamos termos: Conhecimento de quais são nossos talentos. Habilidade para usar de forma solidária. Atitude, coragem para os desafios que surgirem.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Idílio

Não é preciso
forjar clima
insinuar convites
servir vinho
acender velas
fazer caras e gestos
Apenas amamos
    porque o amor
assim simples
simples assim

                          Amo te
                       eternamente
                      porque
                      amar te
                     foi sempre
                        o que sempre quis.

          Paulo Knop <><   11/11/2011

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Pensamentos Imperfeitos


Pensamentos imperfeitos
impiedosa lucidez
encheu-me de horror
impunemente

A ferro e fogo
sobre minha cabeça
emanando força
moribundo estendido
no chão.

Abstrata realidade
simples e nefasta
confusa e indiscreta
sussurro do destino
    
Suave e a cor da indiferença
complexa e profunda interação
símbolos e conceitos
sagrado e profano
ficção humanista
da perfeita imperfeição
  
                                                                                            Paulo Knop / 2011

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O Frasco vazio e o café...

Um professor, durante a sua aula de filosofia sem dizer uma palavra, pega  num frasco de maionese vazio  e  encheu-o com  bolas de ping pong. A seguir perguntou aos alunos se o frasco estava cheio. Os estudantes responderam sim.
     Então o professor pega numa caixa cheia de pedrinhas e coloca no frasco de vazio. As pedrinhas encheram os espaços vazios entre as bolas de ping pong. O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio,e eles voltaram a dizer que sim.
    Então o professor pegou outra caixa cheia de areia e esvaziou-a para dentro do frasco vazio. Claro que a areia encheu todos os espaços vazios e uma vez mais o pofessor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam em unânime sim.
    De seguida o professor acrescentou duas xícaras de café ao frasco e claro que o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes nesta ocasião começaram a rir-se, mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes:
    “ Quero que se dêem conta que este frasco representa a vida.”
    As bolas ping pong são as coisas importantes: como a FAMÍLIA, a SAÚDE, os AMIGOS, tudo o que você AMA DE VERDADE. São coisas, que mesmo que se perdêssemos todo o resto, nossas vidas continuariam cheias.
   As pedrinhas são as outras coisas que importam como:o trabalho, a casa, o carro, etc.
   A areia representa as pequenas coisas. Se puséssemos primeiro à areia no frasco, não haveria espaço para as pedrinhas nem para as bolas ping pong.
   O mesmo acontece com a vida.
  Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes.
  Preste atenção às coisas que são cruciais para a sua felicidade. Brinque ensinando os seus filhos, arranje tempo para ir ao medico, namore e vá com a sua/seu namorado(a)/marido/mulher jantar fora. Dedique algumas horas para uma boa conversa e diversão com seus amigos,pratique o seu esporte ou hobbie favorito.
  Haverá sempre tempo para trabalhar, limpar a casa, arrumar o carro... Ocupe-se sempre das bolas de ping pong em primeiro lugar, que representam as coisas que realmente importam na sua vida. Estabeleça suas prioridades, o resto é só areia...
 Porém, um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representaria, então, o café.
  O professor sorriu e disse:
  "...o café é só para vos demonstrar, que não importa o quanto a nossa vida esteja ocupada, sempre haverá espaço para um café com um amigo”

           [ Lembre-se... Quando as coisas na vida parecem demasiado, quando 24 horas por dia não são suficientes…Lembre-se do frasco vazio  e do café.
                                                                                  
                                                                                                Msg enviada por e-mail

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Mistério da Alma

Lágrimas       
mistério da alma        
magnitude do instante
de alegria e dor

Lágrimas
de ternura e saudade
de compreender os sentimentos
eterniza os momentos

Lágrimas
da morte insensata
incompressível cruel.
Gota de luz
síntese divina
de graças pelo triunfo

Lagrimas
do olhar para traz do velho
de olhar a vida
através do novo
razão para o arrependimento

Lágrimas
do barulho da chuva
ocultas no escuro
que se enxugam
com as mãos da luz da manhã
                                                                Paulo Knop     <><  Nov. 2011

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Temos Pressa

Temos pressa
de ser feliz
felicidade rápida e ligeira
revelar o segredo
querer por querer sem esperar
adquirir, o estase da felicidade

Temos pressa
de tornarmos adulto
em não envelhecer
de ouvir e dizer, rir e chorar
respeitar a duvida
de compreender

Temos pressa
que se apaixone
da paciência do esperar
do saber do nome
do primeiro beijo
degustar cada pedacinho do amor

Temos pressa
em chupar jabuticaba
em viver o tempo
aguardar a carta
ler o livro
ver a vida que encanta
                                                                      Paulo Knop  <>< Out. 2011